quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Voz Humana, de Jean Cocteau - Teatro Turim

2 comentários:

Nicolas disse...

Houve uma pequena mas crucial falha na citação, que pode ocorrer facilmente, que é a questão de apenas um 's' a mais na frase, (traduzida aqui de uma tradução inglesa que está na parede do quarto e da cena, e que lá está certa): "que sem ela..."
LR

Ana Vieira da Silva disse...

Agradeço o seu amável reparo. Pena que, no texto da noticia do "i" a alteração não seja tão simples. Todavia, aqui fica esta sua preciosa ajuda e oportuna explicação.
Lembrar-me-ei deste seu comentário e estarei atenta ao seu registo, quando for ver peça.
AVS